inicio / blog

Blog

Vencendo o preconceito no mercado erótico

19 Maio

Se você quer entrar no mercado erótico e acha que esse mercado não é pra você porque não fala besteira, palavrões, não é engraçada e vai se sentir fora da casinha? É com você mesma que quero falar. Quero compartilhar com você um pouquinho da minha experiência.

Quando entrei nesse mercado percebi que as pessoas eram descoladas, extrovertida, algumas falavam palavrões naturalmente e eu ficava encantada! Queria ser igual a elas mas não conseguia. Naquela época era renda extra, vendia os produtos no meu trabalho, na faculdade e exceto no meu bairro, com receio das pessoas descobrirem e minha mãe ficar com vergonha… Sabia que ela não gostava e respeitava.

Com o tempo e adquirindo alguns conhecimentos, entendi que o preconceito vem de nós mesmas, e é claro que adquirimos ao longo da vida pois sabemos um bebê não nasce com preconceito, mas no crescimento ele pode adquirir através da educação e convívio pelos que o cercam. Havia sim crenças limitante em relação ao machismo e o julgamento “o que vão pensar se souberem que eu vendo produtos eróticos”. Um estereótipo de que pra vender produtos eróticos tinha que ser sensual e sexy, quando na verdade, tudo isso é fantasioso, como dizem nós dias de hoje: é fake!

Descobri que não precisa ter um padrão para vender produtos eróticos, apenas ser você mesmo com qualidades e defeitos, apenas ser você na sua essência. Quando esse momento chegar é como passarinho que aprende a voar e está pronto para conquistar sua tão sonhada liberdade. E aí se preparar porque você vai estudar e usar os produtos, o que  é essencial para o sucesso das vendas, isso faz com que você fale com mais propriedade do produto e trabalhe melhor nas divulgações. O meu desejo não era  de apenas vender produtos eróticos, era transformar vidas através da consultoria dentro das possibilidades de cada pessoa, proporcionar momentos incríveis através dos produtos, empreender, aprender e compartilhar.

Desejo realizado! Valeu a pena se libertar do preconceito, e hoje não é apenas uma renda extra, mas o meu trabalho oficial (ganho fixo). Gratidão a essa empresa que nos proporciona grandes oportunidades e gratidão a minha equipe que alegra meu coração e me ensina algo todos os dias.


mm
Tarciana Valente

Formada em Gestão em Recursos Humanos, especialização em Terapia Sexual na Saúde e Educação, associada a Abrasex. Certificada pela Claves e Instituto Cores em prevenção a violências sexuais infantil. Líder A Sós.

Email Facebook

Veja também

Comentários


Receba novidades por email